top of page

Muitas pessoas ouvem falar sobre os perigos do glúten, mas podem não entender o que é o glúten e por que - ou até mesmo se - devem evitá-lo. O consumo de glúten pode ser extremamente perigoso e desagradável para pessoas que têm um tipo de intolerância ao trigo conhecida como doença celíaca. No momento atual, o único tratamento comprovado é a completa abstinência do consumo de glúten. No entanto, novas pesquisas sobre produtos das abelhas, especialmente a própolis, que abre portas a uma nova esperança. O consumo de produtos das abelhas pode inibir a resposta inflamatória da doença celíaca e prevenir danos a longo prazo que frequentemente são causados por esta condição.


O que é a Doença Celíaca?

A doença celíaca é um distúrbio autoimune que afeta uma em cada 100 pessoas. Outras 0,4% das pessoas têm alergias ao trigo diagnosticadas por médicos, onde o trigo causa uma resposta anafilática. Pessoas que têm doença celíaca não conseguem processar a proteína, o glúten, que é encontrada no trigo e em alguns outros grãos.

De acordo com o celiac.org, alguém que tenha um pai, irmão ou filho com doença celíaca tem uma probabilidade de um em dez de desenvolver a doença. Pessoas que têm outros distúrbios autoimunes têm mais probabilidade de desenvolver doença celíaca.

Os sintomas da doença celíaca incluem uma variedade de sintomas gastrointestinais, como inchaço, vômitos, diarreia, constipação e fezes pálidas e malcheirosas. Pessoas que têm doença celíaca frequentemente experimentam perda de peso, fadiga e irritabilidade como resultado de sua condição.

Em crianças, a doença celíaca frequentemente está associada à puberdade tardia, falha no crescimento e transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).

O único tratamento comprovado para a doença celíaca é a eliminação completa do glúten da dieta. Em alguns indivíduos, até mesmo pequenos pedaços de migalhas de pão de trigo podem levar a danos no intestino delgado.

Se não tratada ao longo do tempo, a doença celíaca pode causar complicações que incluem:

- Anemia e deficiências de ferro

- Osteoporose

- Infertilidade ou aborto

- Deficiências de vitaminas e minerais

- Problemas na vesícula biliar

- Intolerância à lactose

- Distúrbios do sistema nervoso

- Problemas pancreáticos

- Cancro gastrointestinal


Muitas dessas complicações estão associadas à resposta inflamatória causada pela doença celíaca. Quando pessoas com doença celíaca são expostas a produtos que contêm glúten, seus sistemas imunológicos atacam o intestino delgado. Quando isso acontece, resulta em danos às vilosidades, que são pequenas projeções semelhantes a dedos nos intestinos que desempenham um papel na absorção de nutrientes.


O Glúten é Difícil de Evitar

A maioria das pessoas que têm doença celíaca deve evitar toda exposição ao glúten. Isso significa abstinência completa de trigo, cevada, espelta e alguns outros grãos. Além disso, o glúten pode aparecer em produtos como aveia quando a farinha de trigo é usada no processamento. Mesmo as quantidades mínimas de glúten que podem entrar em uma cerveja à base de trigo podem ser suficientes para causar danos.

Cada exposição a produtos de trigo e glúten pode causar danos adicionais. Embora a evitação cuidadosa de produtos de trigo seja fundamental, também pode ser valioso explorar tratamentos que reduzem a inflamação causada pela exposição acidental a produtos de glúten.


Você Pode Ser Sensível ao Glúten se Não Tiver Doença Celíaca?

A doença celíaca é diagnosticada usando um exame de sangue e uma biópsia do intestino delgado. Pessoas que têm doença celíaca geralmente têm resultados que mostram anticorpos da doença celíaca. Quando esses anticorpos estão presentes, seu médico confirmará os resultados do teste com uma biópsia de tecido do intestino delgado.

No entanto, há um número de pessoas que experimentam sintomas comuns da doença celíaca sem nunca ter um teste de sangue positivo para doença celíaca. Esses sintomas podem incluir "névoa cerebral", sintomas de TDAH, dor abdominal, inchaço, dores de cabeça, dores articulares ou ósseas e fadiga crônica. Esses sintomas frequentemente desaparecem quando o glúten é removido de sua dieta. Atualmente, não há números precisos sobre quantas pessoas sofrem do que é conhecido como "sensibilidade ao trigo não celíaca".


Propolis
Propolis

Própolis e Tratamento da Doença Celíaca

Por enquanto, não há tratamento que permita que pessoas que têm doença celíaca voltem a comer trigo. No entanto, a própolis, em estudos preliminares, mostrou promessa em modular a inflamação associada à doença celíaca.

Em um estudo realizado em pessoas na Argélia que sofriam de doença celíaca, os indivíduos receberam própolis em um extrato de etanol. Por exemplo, uma tintura de própolis. Depois de consumir própolis, os pacientes mostraram níveis mais baixos de citocinas pró-inflamatórias. Estes são simplesmente marcadores de inflamação. Se você é sensível a um alimento e o consome, seu corpo frequentemente responde com inflamação. Com o tempo, essa inflamação excessiva leva a uma série de problemas de saúde.

Como a inflamação é um fator no dano a longo prazo causado pela doença celíaca, o consumo regular de própolis poderia ajudar a reduzir o dano causado pelo consumo de glúten. A pesquisa continua nesta área; conforme aprendemos mais, seremos capazes de fazer melhores recomendações para o suporte à saúde com a própolis. Enquanto isso, no caso de você consumir glúten, pode ser uma boa ideia o consumo de própolis!






8 visualizações0 comentário

No mundo da busca incessante pelo emagrecimento saudável, muitos de nós recorremos a soluções naturais e ancestrais para alcançar os nossos objetivos de saúde. Entre essas soluções, as ervas desempenham um papel crucial, oferecendo uma variedade de benefícios que vão desde a queima de gordura até ao aumento do metabolismo. Vamos explorar algumas das ervas mais importantes que podem contribuir significativamente para o seu processo de emagrecimento.


1. Chá Verde: O chá verde é uma das ervas mais amplamente estudadas e celebradas quando se trata de perda de peso. Rico em antioxidantes e catequinas, o chá verde não só aumenta o metabolismo, ajudando na queima de gordura, mas também auxilia na regulação dos níveis de açúcar no sangue e na supressão do apetite.

2. Canela: Além de adicionar um sabor aconchegante às nossas refeições, a canela também pode desempenhar um papel importante no controlo do peso. Estudos mostraram que a canela pode ajudar a estabilizar os níveis de açúcar no sangue, reduzindo os picos de insulina após as refeições e ajudando a evitar os desejos por alimentos açucarados.

3. Gengibre: O gengibre é conhecido pelas suas propriedades anti-inflamatórias e digestivas, mas também pode ser um aliado valioso na jornada do emagrecimento. Ao aumentar a termogénese e a taxa metabólica, o gengibre ajuda na queima de calorias e na redução da gordura corporal, além de contribuir para a sensação de saciedade.

4. Hortelã-Pimenta: A hortelã-pimenta é mais do que apenas uma erva refrescante; ela também pode apoiar os seus esforços para perder peso. O aroma refrescante da hortelã-pimenta tem sido associado à redução do apetite e à diminuição do consumo de calorias. Além disso, a hortelã-pimenta pode ajudar na digestão, aliviando desconfortos abdominais e inchaço.

5. Pimenta Caiena: A pimenta caiena é conhecida pelo seu componente ativo, a capsaicina, que dá à pimenta o seu carácter picante. Estudos mostraram que a capsaicina pode aumentar a termogénese e a oxidação de gorduras, contribuindo assim para a perda de peso. Além disso, a pimenta caiena pode ajudar a reduzir o apetite e a ingestão calórica.

6. Hibisco: O chá de hibisco é conhecido por suas propriedades diuréticas naturais, que podem ajudar a eliminar o excesso de líquidos do corpo, reduzindo o inchaço e a retenção de água. Além disso, o hibisco contém compostos antioxidantes que podem ajudar a acelerar o metabolismo e a queimar gordura de forma mais eficaz. Beber chá de hibisco regularmente pode ajudar a promover a perda de peso e a manter um corpo saudável e equilibrado.

7. Dente-de-Leão: O dente-de-leão é conhecido por suas propriedades diuréticas e desintoxicantes. Ele pode ajudar a eliminar o excesso de líquidos e toxinas do corpo, reduzindo o inchaço e a retenção de água. Além disso, o dente-de-leão é rico em fibras, o que ajuda a promover a saciedade e a regularidade intestinal, auxiliando assim na perda de peso. Você pode consumir o dente-de-leão em forma de chá, saladas ou suplementos, aproveitando seus benefícios para a saúde e emagrecimento de forma natural.

Ao incorporar estas ervas poderosas na sua dieta diária, pode impulsionar o seu metabolismo, aumentar a queima de gordura e apoiar os seus objetivos de emagrecimento de forma natural e saudável. No entanto, lembre-se sempre de consultar um profissional de saúde antes de fazer mudanças significativas na sua dieta, especialmente se tiver condições médicas pré-existentes ou estiver a tomar medicamentos. Aproveite o poder das ervas e embarque numa jornada de

emagrecimento que nutre não apenas o seu corpo, mas também a sua mente e espírito.






16 visualizações0 comentário
Cocktail com mel
Cocktail Bee My Valentine
Preparado com amor e cuidado para encantar os paladares de dois apaixonados, este é o Cocktail "bee my valentine", uma mistura celestial de sabores que promete celebrar o Dia dos Namorados com um toque de romance e sofisticação.

Ingredientes:

  • 12 cl de rum branco light, para um toque suave e refinado.

  • 3 cl de mel diluído em água (3 partes de mel para 1 parte de água), para adicionar doçura e calor ao cocktail.

  • 0,26 cl de extrato de baunilha, para um aroma sutil e intrigante.

  • 6 cl de champanhe, para brindar ao amor com um toque de luxo e elegância.

  • Cubos de gelo, para refrescar e manter o cocktail na temperatura ideal.

  • Favo de mel, para uma decoração encantadora e um toque adocicado.

  • Casca de limão, para pulverizar e realçar os aromas do cocktail.

Instruções:

  • Num copo misturados de cocktail, combine o rum branco light, o mel diluído em água e o extrato de baunilha. Agite vigorosamente para garantir que os ingredientes estejam completamente misturados e os sabores se integrem harmoniosamente.

  • Divida a mistura igualmente entre duas taças de champanhe previamente geladas.

  • Delicadamente, despeje 3 cl de champanhe em cada taça, criando uma efervescência suave que adiciona uma camada de elegância ao cocktail.

  • Adicione cubos de gelo às taças para manter o cocktail refrescante e equilibrado.

  • Decore cada taça com favo de mel, colocando-o com cuidado na borda da taça, como uma jóia preciosa que realça a beleza do cocktail.

  • Por fim, pulverize delicadamente a casca de limão sobre cada cocktail, liberando seus óleos aromáticos e adicionando um toque cítrico fresco que complementa os sabores do rum, mel e baunilha.


Este é o Cocktail "Bee My Valentine" - uma homenagem ao amor compartilhado entre dois corações apaixonados, uma celebração da doçura da vida e da beleza dos momentos compartilhados. Que cada gole deste elixir encante seus sentidos e fortaleça os laços que os unem, tornando este Dia dos Namorados verdadeiramente inesquecível. Brindemos ao amor! 🥂❤️


9 visualizações0 comentário
bottom of page